Grupo Cidade
Após dois anos sem partido, Bolsonaro assina filiação ao PL; assista cerimônia ao vivo

Além do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, filho 01 do presidente, e o ministro Rogério Marinho, da pasta de Desenvolvimento Regional, também se filiou à legenda

Foto: Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro assinou a filiação ao Partido Liberal (PL) na manhã desta terça-feira, 30. O presidente estava sem partido desde novembro de 2019, quando saiu do Partido Social Liberal, sigla na qual se elegeu presidente. Este será o nono partido de Bolsonaro desde que ingressou na carreira política, em 1989. 

A cerimônia aconteceu no auditório do complexo Brasil 21, em Brasília, e o evento foi transmitido pelo canal de Youtube da legenda. Estavam presentes diversos aliados de Bolsonaro, incluindo ministros, ex-ministros, deputados e senadores.

Além do presidente, o senador Flávio Bolsonaro, filho 01 do presidente, e o ministro Rogério Marinho, da pasta de Desenvolvimento Regional, também se filiou à legenda. Será a quarta legenda do senador Flávio Bolsoanro desde quando foi eleito pelo PSL, em 2018. O parlamentar migrou para o Republicanos em março de 2020 e entrou para o o Patriota em maio deste ano.

Em 2019, Bolsonaro tentou criar o próprio partido, que seria chamado de Aliança pelo Brasil. Entretanto, por falta de assinaturas válidas para a criação da sigla - exigência legal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) -, o partido não foi concretizado. 

Em seu discurso, Bolsonaro comparou a filiação com um “casamento” e indicou que o novo partido será como uma “família”. |A cerim^0nia também contou com um discurso de boas vindas do presidente da sigla, Valdemar Costa Neto.

Matéria em desenvolvimento...

 

COMENTÁRIOS