Grupo Cidade
InCor Criança lança projeto Down de Coração e alerta sobre doenças cardíacas congênitas

Projeto foi lançado no último 21 de março, em alusão ao Dia Internacional da Síndrome de Down

Foto: Reprodução

No dia 21 de março, foi celebrado o Dia Internacional da Síndrome de Down, data global de conscientização, para celebrar a vida de pessoas com a síndrome e garantir que elas possuam as mesmas liberdades e oportunidades que toda a população. Em alusão à data, o instituto filantrópico InCor Criança lançou o projeto Down de Coração, que pretende chamar atenção e conscientizar sobre a Síndrome de Down e as doenças cardíacas congênitas (DDC) que são mais comuns em pessoas com a síndrome. 

“O programa Down de Coração segue buscando mostrar as possibilidades de um trabalho multidisciplinar diante de um fenômeno polissêmico. Ele se sustenta buscando oferecer um trabalho pautado na intervenção, atuação e escuta, além da compreensão da singularidade de cada caso”, é o que destaca Wecia Mualem, coordenadora do Núcleo de Apoio à Família do Incor Criança, em entrevista para a Frisson. 

As cardiopatias congênitas possuem maior incidência em pessoas com a síndrome. Segundo Wecia, 40% a 60% das pessoas com síndrome de down possuem DDC, visto que a própria síndrome é uma questão congênita. Assim, o projeto objetiva estimular um diagnóstico precoce, como também auxílio psicológico e nutricional. “Atendemos diariamente crianças e adolescentes com diagnóstico de Síndrome de Down e Cardiopatia Congênita. Diante disso, também nos colocamos nesse caminho com as reflexões sobre a temática, principalmente no que concerne à realidade local na experiência das mães (famílias) do Incor Criança”. 

COMENTÁRIOS