Grupo Cidade
Pronto Atendimento Alberto Lima mantém padrão de excelência que norteia o grupo há mais de 3 décadas


Foto: Lino Vieira

Há 36 anos oferecendo atendimento às crianças e adolescentes do Ceará e estados vizinhos, a Clínica Pediátrica Alberto Lima se destaca por ter um Pronto Atendimento exclusivamente pediátrico como uma opção para quem busca atenção diferenciada. No local, pacientes e familiares têm à sua disposição tecnologia e atendimento humanizado.

Desde a inauguração, em setembro de 2020, a demanda crescente trouxe novas adaptações e incrementos no atendimento. “Entendemos que fazer a pediatria de referência é focar na qualidade e individualidade dos atendimentos. Hoje não trabalhamos com filas de espera e projetamos expandir o horário de atendimento no primeiro semestre de 2022”, explica o coordenador do pronto atendimento, o pediatra Herick Neves. Outro grande diferencial do serviço é funcionar em uma unidade fora do ambiente hospitalar, fato que gera grande procura do público que teme contaminação devido a pandemia da Covid-19.

A Clínica Pediátrica Alberto Lima conta com a maior equipe pediátrica do estado – são hoje mais de 40 profissionais, distribuídos em 15 especialidades. “Somos conhecidos pelo padrão acolhedor e resolutivo que meu pai oferece desde que inaugurou a clínica, em 1984, e, para atender todas as necessidades das crianças, reunimos os profissionais de referência em suas especialidades para compor nossa equipe de consultório, ampliamos nossa clínica de vacinação e trabalhamos na expansão do pronto atendimento”, ressalta a endocrinopediatra e diretora da clínica, Mariana Lima de Souza.

O alto padrão dos atendimentos norteia a história de sucesso do grupo. Com o fechamento de outros serviços pediátricos na cidade, fica claro que as crianças precisam estar, mais do que nunca, no topo da atenção do atendimento. “As crianças não podem estar em um espaço adaptado, elas precisam de um local desenhado e construído para elas”, afirma a pediatra e diretora da clínica, Ana Cristina Lima de Souza. “O atendimento infantil é algo único e exige um cuidado personalizado”, complementa a médica.

COMENTÁRIOS