Grupo Cidade
Pague Menos tem lucro de R$ 42,2 mi no primeiro trimestre, crescimento de 380% em relação à 2021

O faturamento da empresa foi de R$ 1,9 bilhão no primeiro trimestre

Foto: Divulgação

A empresa varejista Pague Menos fechou o primeiro trimestre de 2021 com um lucro líquido de R$ 44,2 milhões, 380% a mais que no mesmo período de 2020. As informações foram anunciadas em balanço na página de Relações com Investidores da farmácia. O lucro do Ebitda (lucro antes do cálculo de juros, impostos, depreciação e amortização) dos meses de janeiro, fevereiro e março chegou a um valor de R$ 159,3 milhões.

O lucro bruto - sem considerar o desconto dos custos da empresa - foi de R$ 569 milhões, o que representa um crescimento de 12,1% em relação ao período mencionado. Já a margem bruta, porcentagem de lucro em cada venda - foi de 29,8%, incremento de 1 ponto percentual em relação ao primeiro trimestre de 2020 e de 0,4 ponto percentual em relação ao último trimestre de 2020. “A contínua melhora de margem ao longo dos últimos trimestres é resultado, principalmente, dos projetos de otimização de custos, precificação por zonas, incremento na participação de marcas próprias e crescimento no faturamento de serviços”, destaca o CEO da Pague Menos, Mario Queirós, em release enviado pela comunicação da empresa para a imprensa. 

O faturamento da empresa foi de R$ 1,9 bilhão no primeiro trimestre. A venda média mensal por unidade da farmácia seguiu a tendência de crescimento e totalizou R$ 578 mil, incremento de 10,6%. Presente nos 26 estados brasileiros mais o Distrito Federal, a Pague Menos conta com 1.101 unidades distribuídas em 327 municípios. Também conta com 800 unidades das clínicas da rede Clinic Farma. 

Com investimento e avanços, a Pague Menos destaca seu funcionamento estratégico como hub de saúde. O Clinic Farma, rede de consultórios da Pague Menos, atingiu o número recorde de 692 mil consultas, além de 500 mil testes de Covid-19. “O nível de crescimento é alto, sobretudo considerando que a base de comparação do 1T20 foi impactada pela antecipação de compras relacionada ao desdobramento da pandemia de Covid-19 em março de 2020”, ressalta Queirós. . 

Também houve um incremento na participação dos canais digitais, que representam 6,1% da venda total da empresa, um aumento de 140% em relação ao primeiro trimestre de 2020. Em 2021, a empresa lançou a primeira turma de formação de desenvolvedores (DEVOPs). A ação pretende acelerar o processo de transformação digital da empresa.

Em maio, a farmácia deverá lançar o Sempre Bem Club, clube de benefícios que, por R$ 20,90 mensais, oferece descontos em mais de 6 mil consultórios médicos e laboratórios, além de reembolso de medicamentos, check-up anual e outros serviços básicos do Clinic Farma.

 

COMENTÁRIOS