Governo inicia obras do Hospital Universitário do Ceará, que será o maior do Estado

Construção terá três torres e terá o investimento de R$ 274 milhões

Foto: Divulgação

O Governo do Estado iniciou na manhã desta quarta-feira, 27, as obras do Hospital Universitário do Ceará (HUC), que será o maior do Estado e será construído dentro da Universidade Estadual do Ceará (Uece), no bairro Itaperi, em Fortaleza. Segundo dados do Governo, serão 654 leitos, sendo 184 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para todas as especialidades médicas.

A obra foi inaugurada em cerimônia realizada na manhã desta quarta e terá o investimento de R$ 274.741.427,37 para as obras e serviços de engenharia e arquitetura, montagem dos sistemas envolvidos e comissionamento das edificações. A ideia é que o HUC sirva como  nova sede para o Hospital César Cals.

Na cerimônia, estavam presentes, além do governador Camilo Santana (PT), a vice-governadora Izolda Cela, os secretários de Estado Dr. Cabeto (Saúde), Inácio Arruda (Ciência, Tecnologia e Educação Superior) e Quintino Vieira (Obras Públicas), o reitor da Uece, professor Hidelbrando dos Santos Soares, e o prefeito de Fortaleza, José Sarto.

A proposta é que sejam três torres (clínica, cirúrgica e materno-infantil) em uma área de 79,5 mil m². A Frisson entrou em contato com a Superintendência de Obras Públicas (SOP), que indicou que o prazo é de 24 meses, ou seja, janeiro de 2023.

O hospital estava previsto para um programa de modernização da saúde pública do Ceará, previsto para 2019. Pelo vínculo com a Universidade, a ideia é que o hospital seja um espaço de ensino, além de “prestar serviços à população”. “Será também um hospital de ensino, onde os alunos da Uece poderão completar a sua formação”, destacou o governador.

O secretário da Saúde, Dr. Cabeto, ressaltou que o hospital também objetiva firmar uma "filosofia fundamental da saúde pública do Ceará”. “A relação direta da valorização do ensino, a valorização da formação dos profissionais, a qualificação e o respeito às pessoas. Aqui está um modelo de assistência, um novo modelo para a Saúde do Ceará. Essa obra simboliza a valorização da ciência e do conhecimento como mecanismos da valorização social”, ressaltou o secretário.

Estrutura

Com heliponto, o hospital terá três torres com sete andares. Na estrutura, o HUC terá centro cirúrgico e obstétrico, leitos de apoio e observação, serviços de Terapia Intensiva (neonatologia, pediatria e adulto); serviços de urgência e emergência; serviço de fisioterapia, endoscopia, cardiologia, neurologia, imagem e diagnóstico; enfermarias pediátricas e adultas; ambulatórios, área de exames e laboratórios.

Também terá consultórios médicos e odontológicos; consultórios de serviço social, psicologia e nutrição; centro de convivência, auditórios; e área técnica e de ensino. 

 

COMENTÁRIOS