"O que você precisa saber sobre preenchimento e a vacina Covid-19", por Dra. Viviane Martins

Foto: Divulgação

Relatório recente divulgado pela Sociedade Americana de Cirurgia Dermatológica (ASDS) e a Food and Drug Administration (FDA) alertou para possíveis reações adversas causadas pela vacina Covid-19 da Moderna em pessoas que possuem aplicações de preenchimento labial e/ou facial.

Os incidentes relatados são muito raros e as reações de edema facial foram leves e responderam rapidamente aos corticosteroides orais e/ou anti-histamínicos orais. Nenhum dos casos exigiu hospitalização ou foi considerado risco de vida e não houve complicações a longo prazo. Vale destacar que o inchaço da face e dos lábios não é um efeito colateral incomum. Essas reações podem ser desencadeadas imunologicamente por doenças virais e bacterianas, vacinações e procedimentos odontológicos. É algo esperado e bem estabelecido em pessoas que fazem determinados tratamentos estéticos. 

Leia também | Camilo participa de evento para receber 186 mil doses de Coronavac; vacinação começa nesta segunda

Por isso, ter um histórico de preenchimentos não deve impedir alguém de ser vacinado e os pacientes que receberem vacinas podem continuar a fazer uso dos preenchedores.

O processo de vacinação no Brasil foi iniciado e precisamos ficar bem informados à medida que avançamos nos esforços de controle da doença. Por hora, com preenchimento ou não, recomendo que as pessoas sigam suas vidas dentro da normalidade possível, protegendo-se do vírus usando máscaras , evitando aglomerações enquanto chega o seu momento de se vacinar .

COMENTÁRIOS