Paróquias passam a adotar "Missas relâmpagos" como prevenção ao Coronavírus

A orientação pede homilias de 3 a 5 minutos.

Um total de 26 Paróquias da Arquidiocese de Fortaleza situadas na Região São José, compreendendo bairros como Aldeota, Centro e Otávio Bomfim, estão sendo orientadas a serem mais rigorosas em suas liturgias em nome da prevenção ao contágio do novo coronavírus. 

Extinguir procissões, festa de padroeiros, reduzir a capacidade de público, obrigatoriedade do uso de máscaras nos templos, distanciamento entre as pessoas e agendamento para as celebrações  não foram vistos como suficientes em termos de medidas protetivas contra a infecção. 

A orientação agora é diecionada aos grupos de cânticos que animam as Missas. A diretiva pede que "se evite cantar  as partes fixas da missa, tais como: o em nome do pai; o ato penitêncial; o Glória; o salmo; o Santo e o Cordeiro de Deus". Tem mais: "Para os Padres  sugerimos que a  pregação seja breve com duração de 3 a 5 minutos, reduzindo assim o tempo dos fiéis nos templos durante está nova onda do coronavirus", diz o comunicado que circulou nesta tarde de segunda-feira, dia 11, para esta paróquias. 

A Arquidiocese de Fortaleza possui outras 8 regiões episcopais onde estão distribuídas as outras  mais de 100 paróquias e Áreas Pastoriais. Ainda não se sabe se as demais ralidades eclesiais acompanharão as novas medidas adotadas pela Região São José. 

O Governo do Estado do Ceará descartou novo lockdown e a Secretaria de Saúde do Estado informou nesta segunda-feira que nenhuma morte em decorrência do coronavírus foi confirmada nas últimas 24 horas.

COMENTÁRIOS