Grupo Cidade
Elon Musk anuncia suspensão de acordo para compra do Twitter e ações da empresa desabam

Foto: Dado Ruvic - 28.abr.2022/Reuters

O empresário Elon Musk anunciou nesta sexta-feira, 13, a suspensão temporária do acordo para comprar a plataforma Twitter, mas que ainda está comprometido na aquisição da rede social. As informações são do jornal Folha de S. Paulo. Com as notícias, as ações da empresa desabaram em Wall Street.

Segundo o dono da Tesla, que ofereceu no fim de abril  US$ 44 bilhões pela empresa, o acordo irá depender da confirmação do número de usuários falsos ou com contas de spam. O Twitter estima que menos de 5% dos usuários ativos diariamente na rede representam contas falsas ou de spam. 

Musk indicou que um dos motivos da compra da plataforma é exatamente para diminuir esse número. Ele pretendia introduzir novas ferramentas para combater bots e autenticar todos os humanos”. 

Nesta semana, o bilionário afirmou que  iria restabelecer a conta no Twitter do ex-presidente dos EUA Donald Trump. Segundo ele, a proibição é "moralmente errada".

Ainda de acordo com o jornal Folha de S. Paulo, as ações do Twitter caíram 19% nas negociações pré-mercado em Nova York nesta sexta. Ainda, não houve nenhum novo registro no site da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA explicando o comentário de Musk. 

 

COMENTÁRIOS