Grupo Cidade
Sesa suspende cirurgias eletivas pela rede estadual pelo aumento de casos de Covid e síndrome gripal

Foto: Divulgação

Com o aumento de casos de Covid-19, causados pela chegada da variante Ômicron ao Ceará, e de síndrome gripal, ocasionados pela cepa Darwin da Influenza A H3N2, a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) suspenseu as cirurgias eletivas - aquelas não consideradas urgentes - dos hospitais da Rede Estadual. As cirurgias de emergência e urgência estão mantidas.

Variante H3N2

Apesar de não ser necessariamente mais perigosa, a variante da H3N2 não faz parte da cobertura vacinal dos imunizantes aplicados na Campanha Nacional de Imunização do Brasil, fato que vem resultando em um surto de gripe pelo País e em outros locais do mundo.

Os sintomas são similares aos de uma gripe normal, como febre, calafrios, tosse e dor de garganta. Ainda, por se aproximar da Covid-19, a Secretaria de Saúde orienta que sejam tomadas as devidas precauções, como distanciamento social e uso de máscaras.

 

COMENTÁRIOS