Grupo Cidade
Wesley Safadão é ouvido em Delegacia sobre irregularidade na vacinação contra Covid-19

O caso ocorreu em julho deste ano, quando o cantor, que estava agendado no Centro de Eventos, foi vacinado em um shopping de Fortaleza

Foto: Reprodução

O cantor Wesley Safadão foi ouvido na manhã desta quarta-feira, 15, referente ao inquérito que investiga o caso sobre a imunização contra Covid-19 do cantor - que não ocorreu no ponto de vacinação indicado pela Prefeitura - e de sua esposa, Thyane Dantas - que não estava agendada.

O caso ocorreu em julho deste ano, quando o cantor, que estava agendado no Centro de Eventos, foi vacinado em um shopping de Fortaleza. Já sua esposa, a influenciadora Thyane Dantas, não estava agendada para a vacinação, mas conseguiu ser vacinada. 

Além deles, a produtora do cantor, Sabrina Tavares Brandão, também foi vacinada no mesmo dia e local, de forma que também faz parte da investigação que, segundo a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), está em fase de conclusão. 

A SSPDS enviou uma nota para imprensa confirmando que duas pessoas compareceram, mas que a pasta não pode dar mais informações no momento para “não comprometer os trabalhos policiais”. 

Confira a nota na íntegra:

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), por meio da Delegacia de Combate à Corrupção (Decor), informa que duas pessoas foram ouvidas, na manhã de hoje (15), referente ao inquérito policial que apura irregularidades na vacinação de um cantor, sua esposa e uma assessora do músico. O referido inquérito policial está em fase de conclusão. Mais detalhes serão repassados em momento oportuno para não comprometer os trabalhos policiais.

 

COMENTÁRIOS