Grupo Cidade
HOME NOTÍCIAS NOTÍCIASINTERNACIONAL
Portugal começa a desconfinar e reabre restaurantes e cafés com serviço ao ar livre

GIULIANA MIRANDA - LISBOA, PORTUGAL (FOLHAPRESS)

Depois de 80 dias em lockdown, Portugal iniciou nesta segunda-feira (5) a reabertura gradual do país. O dia ensolarado e as temperaturas acima de 20ºC ajudaram a animar os portugueses a saírem de casa.

Voltaram a funcionar cafés e restaurantes com serviços ao ar livre. Nesta primeira etapa, há um limite de até quatro pessoas por mesa. Aos fins de semana, as atividades precisam encerrar até as 13h.

Os portugueses também deixam de ter restrições de circulação dentro do país. Desde o fim de 2020, era proibido sair da cidade de residência aos fins de semana.
Quase 600 mil alunos, entre o 5º e o 9º anos, voltam às aulas presenciais. Crianças pequenas (da creche, jardim de infância e primeiros anos de ensino) já haviam voltado à escola em 15 de março, quando o governo promoveu a primeira flexibilização do lockdown.

Museus e monumentos nacionais também voltaram a abrir as portas. Em Lisboa, para incentivar a visitação pelos moradores, eles têm entrada gratuita até o fim de abril.
Academias de ginásticas, por enquanto sem aulas em grupo, também estão entre as atividades recém-liberadas.

Lojas de rua, com até 200 m², puderam abrir as portas, o que assegurou uma boa parte do retorno ao funcionamento do comércio local.

Funcionária de uma loja de roupas e acessórios na região do Areeiro, em Lisboa, Cátia Oliveira diz que o movimento ainda é fraco.

"Hoje de manhã quase não veio ninguém. Acho que as pessoas estão sem dinheiro para comprar. Também há muito menos gente na rua", avalia.

REABERTURA GRADUAL
Anunciado pelo primeiro-ministro, António Costa (Partido Socialista), como um plano de reabertura a conta-gotas, o desconfinamento em Portugal deve se estender até 3 de maio.

Costa afirmou que o plano de desconfinamento estará sujeito a revisões constantes e que pode chegar a ser interrompido caso as condições sanitárias se deteriorem.

Nesta segunda-feira, a taxa de transmissão do vírus, um dos critérios de manutenção do cronograma, já acendeu o sinal de alerta entre as autoridades.

O chamado Rt do coronavírus é atualmente de 0,98 no país. O limite estabelecido pelo governo para a taxa é 1.

Ainda assim, o país segue com menos mortes, novos casos e internações.

Nesta segunda-feira (5), foram registrados 158 novos casos e mais 6 mortes.

No pico da pandemia, em 31 de janeiro, o país teve 303 mortes por Covid-19. No dia com mais novos casos, 28 de janeiro, foram 16.432 novas infecções.

COMENTÁRIOS