Grupo Cidade
Chile reabre fronteiras para turistas vacinados a partir de 1º outubro

Para acessar o país, o turista deverá apresentar um PCR negativo de no máximo 72 horas antes de embarcar e um comprovante da vacinação completa

A partir do 1º de outubro, turistas vacinados com ambas as doses ou com a vacina de dose única poderão entrar no país. A novidade foi divulgada pelo Ministério da Saúde do Chile nesta quarta-feira, 15.

Para acessar o país, o turista deverá apresentar um PCR negativo de no máximo 72 horas antes de embarcar e um comprovante da vacinação completa. O documento deverá ser validado em uma plataforma virtual do Ministério da Saúde chileno, no site Me Vacuno. O processo pode demorar até 30 dias, então a recomendação é que o viajante busque tais documentações com antecedência. 

Ainda, o turista deverá cumprir cinco dias de quarentena no país e deve conter um seguro de viagem com cobertura mínima de 30 mil dólares (R$ 156 mil).

As fronteiras do Chile estão fechadas para não residentes desde abril. Apesar da flexibilização, a decisão do Governo de não permitir vacinados foi criticada, porque crianças de diversas partes do mundo ainda não foram imunizadas. No Brasil, a vacinação de pessoas até 12 anos ainda não foi autorizada. 

Atualmente, o Chile já possui mais de 73% da população com o esquema vacinal completo. No momento, o país está vacinando pessoas entre 6 e 12 anos com a CoronaVac.

 

COMENTÁRIOS