Grupo Cidade
Hub de Hidrogênio Verde é tema de conversa entre presidente da Fiec e empresários cearenses

Parte da reunião foi conduzida por Monica Saraiva, que trouxe dados sobre a aplicação do H2V como uma oportunidade de descarbonização mundial, além de indicar os métodos e aplicabilidade

Foto: Divulgação

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante, promoveu uma reunião virtual com 85 empresários cearenses, além de outros convidados, para a temática “O Hidrogênio Verde (H2V) e a Oportunidade do Estado do Ceará”. O objetivo foi divulgar o projeto, que é promovido pelo Governo do Estado e tem parceria da Fiec e UFC. 

A reunião contou com o presidente do Complexo do Pecém (CIPP S/A) Danilo Serpa, a consultora e diretora de Relações Institucionais da Associação Brasileira de Hidrogênio, Monica Saraiva Panik, o 1º vice-presidente da federação, Carlos Prado, entre diversos outros nomes. 

“Nosso intuito hoje é mostrar essa tecnologia ao empresariado cearense para que possa tomar conhecimento da aplicação do Hidrogênio Verde e, assim, participar do que vem acontecendo no estado. Acredito que essa é uma oportunidade de negócio, com um mercado amplo, sendo uma grande chance para os nossos empresários”, declarou Ricardo Cavalcante, em nota enviada para a imprensa.

Parte da reunião foi conduzida por Monica Saraiva, que trouxe dados sobre a aplicação do H2V como uma oportunidade de descarbonização mundial, além de indicar os métodos e aplicabilidade. Já Joaquim Rolim, Coordenador do Núcleo de Energia da Fiec, elucidou sobre os diferenciais competitivos do Ceará, destacando a boa governança estadual, posição estratégica, grande potencial de criação de energia solar e eólica como formas de incentivar o desenvolvimento tecnológico. 

Hub de Hidrogênio Verde

Método de geração de energia sustentável, "hidrogênio verde" é o nome que dá ao hidrogênio quando é separado de outras substâncias de forma renovável. Ele surge como uma das alternativas mais acessíveis de descarbonização das indústrias.

O programa “Hub de Hidrogênio" pretende ser um polo de distribuição de energia limpa no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP), a 60 km de Fortaleza. O investimento é de US$ 5,4 bilhões pela empresa australiana EnergyX, que é reconhecida mundialmente por promover energia considerada sustentável. O projeto foi lançado em fevereiro.

 

COMENTÁRIOS