Hapvida lança programa interno de capacitação de empreendedores

Com uma experiência já bem sucedida no projeto piloto, que contou com 110 pessoas na aula inaugural, em janeiro de 2020, a ideia é conseguir tirar ideias para soluções de problemas reais

Foto: Divulgação

Com o objetivo de estimular e capacitar os funcionários para uma cultura de inovação e de resolução de problemas, o Hapvida lança em 2021 o programa “Starthap”, que deve abranger todos os setores da empresa a nível nacional. 

Com uma experiência já bem sucedida no projeto piloto, que contou com 110 pessoas na aula inaugural, em janeiro de 2020, a ideia é conseguir tirar ideias para soluções de problemas reais da empresa, de forma a estimular que os funcionários consigam compartilhar suas opiniões e trabalhar em equipe. 

“É um programa de formação de intraempreendedores e ele nasceu da necessidade de fomentar a cultura de formação, e melhoria de processo por meio da identificação de problemas complexos. Os participantes de qualquer área da empresa, uma vez identificando os problemas, poderiam gerar uma ideia inovadora ou uma ideia que solucione um problema crítico ou um processo de suporte e sugerir ideias para a solução”, explica Alessandro C. Micelli, diretor de Gestão Empresarial do Sistema Hapvida.

O gestor ainda ressalta o sucesso do programa piloto do projeto, que resultou em 62 ideias, 14 projetos e seis destaques, que foram então selecionados para aplicação. Para o projeto a nível nacional, a expectativa é que saiam diversas novas soluções dos mais diversos setores da empresa. O programa, além de garantir uma formação, também dá direito a certificado e premiação para as melhores ideias. 

Alessandro ainda destaca que, mais do que a premiação, a ideia é manter os funcionários engajados e capacitá-los para a construção de uma carreira empreendedora. “Eles poderão se candidatar à formação delas como empreendedoras. Para nós, o principal objetivo, é a formação. A premiação é uma consequência. A grande surpresa foi que o programa trouxe um aspecto positivo para a elevação da auto estima dos profissionais,eles se sentiram mais valorizados, mais engajados. O reflexo foi muito positivo”.

 

COMENTÁRIOS