Grupo Cidade
Em Fortaleza, 38.872 pessoas aguardam chegada de novas vacinas CoronaVac para segunda dose

Prefeitura não estocou vacinas por orientação do MS e doses terminaram nesta quinta-feira

Foto: Thiago Gaspar/divulgação

Nesta quinta-feira, 29, foram vacinadas as últimas pessoas para a segunda dose da vacina CoronaVac. Sem estoque ou vacinas guardadas por parte da Prefeitura, são 38.872 pessoas que tomaram a primeira dose da vacina CoronaVac e aguardam o envio de novos lotes para completar o esquema vacinal. Apenas com ambas as doses que o paciente consegue imunidade completa contra o novo coronavírus. A vacinação segue com as doses de AstraZeneca. 

Também nesta quinta-feira, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), o Ministério Público Federal (MPF) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) expediram recomendação para as secretarias municipal e estadual para que seja feito um controle rigoroso sobre o controle de aplicação de doses. 

“As Secretarias devem manter controle e supervisão local do estoque, adotando todas as providências para assegurar a aplicação da segunda dose, inclusive com medidas administrativas e judiciais necessárias para garantir a dose complementar. Além disso, Estado e Município devem ter controle rigoroso, com alerta prévio sobre a data da segunda dose e busca ativa dos pacientes que eventualmente percam o prazo da vacina”, indica o texto do MPCE.

Leia também | Ceará recebe mais 192.050 doses de vacinas contra a Covid-19; apenas 3.800 são CoronaVac

Ainda, a SMS possui um prazo de 24 horas para informar se foram armazenadas as vacinas necessárias para a segunda dose; o número de segundas doses disponíveis no estoque; a quantidade de pessoas a serem vacinadas em segunda dose; a previsão de chegada de mais vacinas; a lista de pessoas cujas doses se expiram nos próximos dias e se há vacinas para todas; e ainda especificar as providências que serão adotadas caso o intervalo de 28 dias entre a primeira e segunda dose expire. 

Falta de segundas doses

A finalização do estoque das vacinas CoronaVac foi anunciado nesta quinta-feira. Segundo a Prefeitura, a SMS seguiu orientação do Ministério da Saúde, que indicou que os municípios utilizassem as segundas doses estocadas como primeira dose. Entretanto, o atraso das vacinas do Butantan fez com que o Ceará recebesse poucas doses e a falta do estoque fará com que pessoas atrasem a vacinação.

Mesmo com a data marcada no cartão, a orientação é que as pessoas esperem serem agendadas para ir até os postos de saúde ou centros de vacinação. 

Nesta quinta, o Ceará recebeu mais 3.800 doses da CoronaVac. A Frisson entrou em contato com a Secretaria de Saúde Estadual (Sesa) para saber quantas dessas doses seriam destinadas a Fortaleza. Entretanto, até a publicação dessa matéria, não obteve resposta.

 

COMENTÁRIOS