Grupo Cidade
IPREDE celebra 36 anos como referência internacional em cuidados à primeira infância

Desde 1986, o instituto promove ações que envolvem os cuidados à primeira infância, atenção à mulher, economia criativa, segurança alimentar, cultura e divulgação científica

Fruto de um sonho por uma sociedade mais justa e igualitária, o Instituto da Primeira Infância (IPREDE) comemora 36 anos de existência em junho. Sob a direção do médico cearense e professor Dr. Sulivan Mota, o IPREDE foi criado inicialmente em 1986 como ferramenta para combate à taxa de desnutrição infantil - na época uma das mazelas sociais mais graves do país.

Com a diminuição do quadro, a entidade conseguiu centralizar suas forças em promover ações que possibilitassem um futuro melhor a crianças cearenses. Elevando sua missão institucional, o IPREDE tornou-se um centro de referência sobre a primeira infância, ao articular ações voltadas não apenas à segurança alimentar, mas também à assistência psicossocial, produção e disseminação de conhecimentos técnico-científicos e promoção de cultura e da arte.


Ao todo, mais de 1.350 crianças e 900 mulheres são assistidas mensalmente. Através do projeto Prato Cheio, que envolve a entrega de cestas básicas e produção e distribuição de sopas nutritivas, a entidade também garante diariamente a nutrição de centenas de famílias, residentes de 12 regiões periféricas de Fortaleza. 

Cantinho solidário

Como forma de contribuir para a sustentabilidade dos projetos sociais, o IPREDE está recebendo doações de roupas, brinquedos e latas de leite em pó. Os interessados podem realizar a doação fisicamente no Shopping Parangaba através do espaço “Cantinho Solidário”. O espaço está localizado no piso L1, em frente à ibyte, e funciona de segunda a sexta, das 10h às 22h, e domingos e feriados, das 13h às 21h.

Promoção de saúde

Entre os destaques da saúde, está o ambulatório Conecta. Com uma infraestrutura de ponta, terapêuticas humanizadas e equipe multidisciplinar, a unidade médica garante o atendimento acolhedor e humanizado a crianças com TEA (Transtorno do Espectro Autista) pelo SUS ou consultas particulares. Ao todo, mais de 280 crianças, de 0 a 12 anos de idade, são assistidas pelo ambulatório.

Divulgação científica

Nos últimos anos, o IPREDE vem se tornando importante aliado da comunidade científica. O instituto é berço de projetos de pesquisa relevantes relacionados a diferentes aspectos sociais e psíquicos da saúde das crianças e das mulheres, como a parentalidade, o autismo, a obesidade, o estresse tóxico e a saúde materno-infantil.

A organização não-governamental também possui parcerias com instituições renomadas como a Universidade Federal do Ceará (UFC), a Universidade de Harvard (Estados Unidos), a Universidade de Québec (Canadá) e a Academia de Ciências da China em pesquisas ligadas à neurociência e à estimulação das crianças.

Recentemente, o IPREDE se tornou abrigo de um estudo pioneiro que visa garantir um desenvolvimento mais saudável de crianças com TEA. A pesquisa é conduzida por estudantes e professores da Universidade Federal do Ceará (UFC) e Universidade Estadual do Ceará (UECE) e se bem sucedida, pode identificar o autismo de forma precisa e precoce.

Atenção à mulher e economia criativa

Tendo em vista os desafios que impactam a vida das mulheres e chefes de famílias, o IPREDE volta também sua atenção a esse aspecto a partir de soluções inovadoras. Um desses projetos é o Vai Maria, que desde 2018 atua pela independência financeira e fortalecimento de mães e cuidadoras através do empreendedorismo e do trabalho manual em moda. Em 2021, a Miss Brasil Teresa Santos se tornou madrinha oficial do projeto, chegando a estampar uma das peças produzidas pelas alunas durante o concurso.

A entidade também abriga atividades pedagógicas e projetos de capacitação e geração de renda nas áreas da estética, corte e costura, culinária e zeladoria.

Sobre o IPREDE

O IPREDE é uma instituição não governamental, que além de desenvolver ações que buscam fomentar um crescimento da criança mais feliz e saudável, também realiza ações que visam quebrar ciclos familiares através do fortalecimento de vínculos e da profissionalização. Desde o início da pandemia, a instituição passou também a combater mais fortemente a fome, realizando assim ações de distribuições de sopas e de cestas básicas em localidades com baixo índice de IDH. 

Como doar

O Instituto da Primeira Infância recebe doações físicas em sua sede na Rua Professor Carlos Lobo, 15 (Cidade dos funcionários) ou em domícilio através de agendamento pelo número (85) 3218-4000. Para realização de doações financeiras, poderão ser realizadas através do PIX: doacao@iprede.org.br

Encontre o IPREDE nas redes sociais: @ipredeoficial (Instagram) e @iprede (Facebook)

COMENTÁRIOS