Grupo Cidade
Loja automotiva Golube emprega mulheres para cargos tradicionalmente masculinos

Com mulheres como protagonistas do público interno, a loja também conta com um espaço voltado para crianças, pensado para as mães que precisam levar seus filhos para a oficina

Visando abrir espaço para que mulheres consigam ocupar todos os espaços que desejam e quebrando paradigmas do setor automotivo, a diretora da loja automotiva Golube, Inaê Evangelista, emprega mulheres para cargos que seriam tradicionalmente ocupados por homens. Atualmente, metade das vagas são ocupadas por mulheres.

Com mulheres como protagonistas do público interno, a loja também conta com um espaço voltado para crianças, pensado para as mães que precisam levar seus filhos para a oficina.

Segundo a pesquisa " Presença Feminina no Setor Automotivo", feita pelo veículo Automotive Business em 2018, mulheres ocupam apenas 6% da liderança das empresas da indústria automotiva. Já em relação à força de trabalho, mulheres representam apenas 17% do quadro total, com salário que chegam inclusive a ser 33,8% inferiores aos dos homens.  

Empresária e diretora da Golube, Inaê Evangelista é enfermeira por formação, mas decidiu trocar de ramo e, junto a seu marido, Leonardo Mendonça, seguiu no segmento de manutenção automotiva. A loja fica localizada no bairro Cidade dos Funcionários e tem como objetivo promover um atendimento humanizado e personalizado. 

 

COMENTÁRIOS