Grupo Cidade
Israelense radicado no Ceará, dr. Haim Erel fala sobre chegada ao Brasil e expansão de clínica

O doutor conversou com a Frisson sobre sua chegada o Brasil e sobre a expansão da clpinica Haim Erel. Confira entrevista

Foto: Lino Vieira

Nascido e Israel e radicado no Ceará desde 1981, o cirurgião plástico Haim Erel é formado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). Com um viés empreendedor, mas sempre com um foco na medicina, o doutor fundou a clínica Haim Erel, que atualmente reúne diferentes especialidades e que deve inaugurar unidade no shopping Iguatemi ainda em 2021. 

O doutor conversou com a Frisson sobre sua chegada o Brasil e sobre a expansão da clínica Haim Erel. Confira entrevista: 

Frisson: O senhor é de Israel, certo? Como se encaminhou para Fortaleza?  

Haim Erel: Meu pai era do serviço diplomático e da cooperação técnica de Israel. Ele foi enviado para realizar cursos para o desenvolvimento do Nordeste, com sede no Ceará, com cooperação do Dnocs, Sudene, Ministério do Interior, BNB e UFC. Israel é um país fantástico! Nasci, cresci e servi o exército (sou capitão da força aérea, da reserva). País que muito me orgulho. Minha formação, que gerou minha conduta e valores, devo a ele. 

Frisson: Ao chegar, quais foram as dificuldades? Sentiu algum impacto cultural? 

Haim Erel: Como filho de diplomata,  já vivi em outro país da América latina. Não tive tanta dificuldade, porque os cearenses sao muitos receptivos.
Desde adolescente queria fazer medicina, e sempre soube que seria cirurgião , por causa das minhas habilidades manuais.

Frisson: E como o senhor foi encaminhado para a cirurgia plástica? 

Haim Erel: No terceiro ano de medicina eu já auxiliava o Dr. Cândido Pinheiro e Dr. Gerardo Oliveira, na Clinica Antônio Prudente. Quando no quarto ano o cirurgião plástico que trabalhava na clínica, o Dr João José Carvalho, estava precisando de auxiliar, me chamou para trabalhar com ele. Foi  assim que se iniciou o meu caminho na cirurgia plástica. Em 1988, ingressei no curso do Prof Ivo Pitanguy, fiz o curso com ele, durante 3 anos, concluindo em primeiro lugar. Passei por mais 1 ano e meio na parte científica da clínica, e retornamos a Fortaleza em 1993.

Frisson: Diversas cirurgias plásticas são estéticas e podem ser invasivas. Como o senhor equilibra essas demandas? 
Haim Erel: 
Na realidade, as cirurgia são invasivas. Cirurgias como lipoaspiraçao, prótese mamária, mamoplastia, abdominoplastia, lifting facial, todas são consideradas invasivas. O que existem são cirurgias de menor ou maior porte. As cirurgias podem ser realizadas somente com anestesia local com sedação, ou peridural com sedação. Raramente precisamos usar anestesia geral. Algumas cirurgias o paciente permanece algumas horas no hospital, e em outras cirurgias, os pacientes tem que passar um ou dois dias hospital.

Frisson: Quando é realmente indicado uma pessoa fazer uma cirurgia estética? Há indicações de autoestima etc? 
Haim Erel: 
Uma das maiores indicações, é o espelho. Quando o paciente não está gostando da sua imagem, aparece a vontade de melhora. O paciente vai a um  cirurgião plástico para ver a real necessidade de uma cirurgia, ou seja, se há indicação. Lembrando que pode haver exagero na queixa, ai é super importante conscientizar, tomar cuidado com a expectativa do resultado.  

Frisson: O senhor é membro de diversas associações e academias, como também já fez vários cursos. Pode contar os mais relevantes para o senhor? 

Haim Erel: Eu acho que cada curso nos engrandece, e realmente nesta época da pandemia. Consegui participar de muitos congressos, cursos e eventos, o que antes ficava difícil pela necessidade de viajar e se ausentar. Mas mesmo assim, participava de pelo menos dois a três congresso internacionais por ano. Estou muito feliz e orgulhoso em participar no seleto grupo do AEXPI, associação dos ex alunos do Pitanguy, um grupo que hoje tem os principais expoentes da cirurgia plástica no Brasil e do exterior, todos ex alunos do prof. Pitanguy

Frisson: Qual a história da criação da clínica Haim Erel? 

Haim Erel: Iniciamos com consultório na Clinica Aires de Moura. Ficou pequeno, passamos para duas salas no Beira Mar Trade Center e, depois de poucos anos, vimos a necessidade de ampliar, e adquirimos o imóvel onde a clínica está atualmente. Fomos aumentando gradativamente até a estrutura atual. Fomos pioneiros em laser aqui em Fortaleza, com laser de Co2 e o laser de rubi para depilação e tatuagem. Com o aumento da clínica, começamos a convidar profissionais, além das fisioterapeutas que já estavam comigo desde o início, que se identificam com nossos valores. A primeira profissional foi a dra. Vanessa, cirurgiã plástica que iniciou como minha assistente. Depois, a dra. Celina e dra. Viviane, como dermatologistas. Há aproximadamente 4 anos criamos uma sociedade, a Derme & Laser. 

Novamente, devido nosso crescimento, criamos um novo empreendimento, que é a ESSENCE por HAIM EREL. Teremos uma nova sede no Iguatemi, com uma estrutura ímpar na nossa região. Conforto, segurança, estacionamento, mais colaboradores, mais tecnologia e o principal, mais qualidade de atendimento.

Frisson: Como o desejo da medicina também se expandiu para o desejo de ser empresário? 

Haim Erel: Na realidade, o médico supera o empresário. Continuo exercendo a minha especialidade o tempo todo, deixando a minha esposa Sophia, tomar conta na parte administrativa, e hoje já temos uma equipe profissional, que toma conta disso.

Frisson: Atualmente, que outras especialidades e serviços são oferecidos na clínica? 

Haim Erel: Trabalhamos com especialidades  afins  com a estética, como nutricionista, endocrinologista, cirurgião vascular, Ginecologistas (da parte do rejuvenescimento íntimo), etc. Temos uma excelente equipe de fisioterapeutas nos aparelhos corporais, fisioterapeutas para o pos operatorio, departamento capilar, e uma das maiores clínicas com lasers na região.

Frisson: Quais são seus objetivos para 2021? 

Haim Erel: Passar esta pandemia, esperar que gradativamente a nossa vida volte ao normal, e trabalhar, trabalhar e trabalhar. Pretendemos inaugurar a loja no Iguatemi, nestas próximas semanas, e inaugurar o complexo no Iguatemi até o final do ano. É o sonho virando realidade. Mesmo com todas as dificuldades que esta pandemia criou, acredito na retomada da nossa economia.

COMENTÁRIOS