Grupo Cidade
179 municípios estão com nível alto ou altíssimo de Covid; nível é o maior desde criação de painel

O Estado também estava com 91,94% dos leitos ocupados, mesmo com a criação de novos leitos

Foto: Divulgação

O Ceará iniciou março com 179 dos 184 municípios com risco alto ou altíssimo do novo coronavírus. O nível é o maior desde a criação do Painel Alerta da Covid, pela Secretaria de Saúde, em dezembro de 2020. O Estado também estava com 91,94% dos leitos ocupados, mesmo com a criação de novos leitos. A porcentagem que vem preocupando as autoridades de saúde, visto que, em outubro de 2020, o número estava estável em 60%

Com poucas doses da vacina, o Ceará vacinou 281.041 pessoas na primeira dose, e apenas 85.855 dessas já tomaram a segunda. O valor da segunda dose representa apenas 0,93% da população cearense, estimada em 9.187.103, segundo dados do IBGE. 

O Ceará já acumula 427.148 casos de coronavírus e 11.293 óbitos. A Frisson entrou em contato com a Secretaria de Saúde para saber sobre as próximas medidas de combate à doença e aguarda resposta. 

Novos Leitos

O governador, Camilo Santana (PT), anunciou na manhã desta segunda-feira, 1º, a entrega de 12 novos leitos de UTI exclusivos para a Covid-19 no Hospital Geral de Fortaleza. Ainda, o chefe do executivo indicou que deverá entregar ainda nesta segunda novos leitos em Canindé e no hospital infantil Sopai, na Capital.

No último sábado, 27, o governador havia inaugurado outros dez leitos de UTI no Hospital Geral de Crateús.

“Ao todo, já ultrapassamos os três mil leitos em todo o estado, sendo 824 UTIs, e continuamos trabalhando para ampliar mais, de forma a atendermos nossa população da melhor forma possível. Mas é fundamental a colaboração de todos porque, mesmo com a ampliação, a ocupação desses leitos tem sido muito rápida, pelo aumento significativo de casos, e há um limite dessa expansão da rede. Nossa preocupação é que haja um colapso, caso a pandemia continue acelerada. Juntos vamos superar esse momento difícil”, escreveu o governador em suas redes sociais.

 

COMENTÁRIOS